MuBE prepara atividades ‘sustentáveis’, para o dia 30 de agosto

O MuBE, pelo quarto ano consecutivo, participa ativamente desta iniciativa.

O MuBE, pelo quarto ano consecutivo, participa ativamente desta iniciativa.

Diversas atividades acontecerão ao longo do dia, a partir das 10h. A entrada é gratuita. Das 12h às 16h, há um intérprete de libras, para acompanhar as ações.

A proposta da ‘Virada Sustentável’ é educar e mobilizar diferentes atores sociais para a sustentabilidade, a partir de uma abordagem lúdica e positiva, inspirando as pessoas a enxergarem no tema um valor universal. Este ano, acontece de 28 a 31 de agosto, em diversas partes da Capital. O MuBE, pelo quarto ano consecutivo, participa ativamente desta iniciativa. No dia 30 de agosto serão promovidas atividades, para todo público: exposições, oficinas práticas e apresentações de cinema e música.

Confira a Programação Completa:

EXPOSIÇÕES:

Por um Mundo mais Verde – Jardim SP

A Exposição de Terrários e Mini Jardins traz ao público peças realizadas em um recipiente de vidro retratando várias cenas do dia a dia. Utilizando plantas naturais e miniaturas, a ideia é chamar a atenção sobre a importância do verde em nosso dia a dia, lembrando que tudo fica mais bonito e gostoso quando temos uma plantinha por perto. Livre.

A Sustentabilidade na Cultura da Reciclagem – COOPERMITI

A exposição apresenta peças do acervo da cooperativa, que foram descartadas como lixo eletrônico, mas contam a história da evolução da tecnologia e por isso são utilizadas em mostras. O projeto também prevê uma gôndola com resíduo eletrônico para exemplificar o que é esse tipo de resíduo, ressaltando a importância de descarta-lo de forma ambientalmente correta e segura. O resíduo eletroeletrônico coletado durante o evento será destinado à cooperativa e deverá ser triado, destinado, reciclado ou reutilizado, gerando renda aos cooperados e proporcionando doações. Livre.

Re-Ciclos – Muros Invisíveis

É uma exposição de Foto Escultura sobre as pessoas que trabalham na Cooperativa Granja     Julieta, na Zona Sul de São Paulo. O Curador Max Mu junto com os fotógrafos Moisés Patrício, Joelma do Couto e Camila Couto retrataram durante três meses, catadoras de materiais recicláveis da cooperativa. As imagens se transformaram em instalações de bombonas industriais recicladas e serão apresentadas no MuBE, com os retratos das catadoras. Livre.

As demais atividades:

Oficina do Tempo – às 10 horas

Diariamente, são utilizados diversos tipos de materiais que podem ser reaproveitados. Sua reutilização é de suma importância, para o planeta. Nesta oficina, crianças e jovens aprenderão a produzir um relógio de parede, utilizando materiais reciclados. É uma ótima atividade, para que a família pense mais em sustentabilidade e possam colocar esta ideia nas práticas do dia-a-dia. Com Tarumã Brasil. Livre.

Oficina Carimbos Orgânicos – às 11 horas

Com intuito de desenvolver atividades conscientes, o projeto Sustentabiliarte, criou a oficina Carimbos Orgânico, para incentivar o uso de produtos orgânicos e recicláveis na Arte. Com rolhas, folhas, sementes, troncos e alimentos desidratados, a oficina mostra que a Arte pode ser feita das mais variadas formas. Usando a criatividade podemos fazer a diversão das crianças com o custo quase zero. Além de conscientizar sobre os problemas atuais do nosso Planeta. Com Gabriela Diaz. Livre.

Oficina Ecojoias PET – às 12 horas

Trata-se de uma oficina em que se desenvolverá uma peça de bijuteria ecologicamente correta, a Ecojóia, um pingente de colar feito de plástico de garrafa Pet. Será feita a pintura na técnica de marmorização com o verniz vitral, o corte do pingente no molde desejado e a montagem do colar regulável. O objetivo é mostrar, na prática, que a reciclagem e sustentabilidade podem sim estar presentes no nosso dia-a-dia e que podem resultar em belas peças. Mostrar que a transformação desse resíduo não precisa ser feita somente por grandes empresas, mas que pode ser feita por cada um de nós e se tornar algo utilitário, um acessório de moda, uma peça bela. Com Transmutarte. Livre.

Oficina Terrários – às 13 horas

Nesta exposição, a JardimSP apresenta alguns exemplares de Terrários em que cada um deles apresenta um cena cotidiana, utilizando-se sempre de plantas naturais e perfeitas miniaturas em estranho ou plástico, as cenas nos remetem a situações do nosso cotidiano, nos fazendo perceber a importância de termos sempre por perto um pedacinho de natureza. Além da exposição, a JardimSP também estará ministrando uma oficina para ensinar a construir seu próprio Terrário. O participante poderá levá-lo para casa. Com Roger. Apenas 20 vagas. Idade: acima de 14 anos.

Oficina: Aos passos de Krajcberg – às 14 horas

O artista plástico Frans Krajcberg é um grande defensor da natureza, sua arte é para denunciar o desmatamento no Brasil. E a nossa proposta é uma oficina que estimule a criança a criar sua arte, partindo da releitura das obras e da vida e ideias de Frans. Com diversos materiais orgânicos, em suporte de papelão as crianças soltarão a sua criatividade e conscientes para formação de um mundo mais sustentável. Com Gabriela Diaz Crianças de 6 a 14 anos.

Oficina de Colagem – às 15 horas

A oficina conta um pouco da história da colagem e alguns conceitos da técnica enquanto ferramenta didática para a questão ambiental. Os participantes serão orientados a produzir um pequeno quadro em colagem com recortes de revistas. Através de abordagem própria para os pequenos, Alvarez procura estimular a reciclagem e ressaltar o potencial criativo presente em cada um de nós. Com Silvio Alvarez. Livre.

Oficina de Ecografite – às 15 horas

A atividade ensinará técnicas do grafite com a utilização de pigmentos naturais, como urucum, cúrcuma e a casca de cebola, para usar nas telas em branco. Livre

Cantando história – às 16 horas

Não é uma contação de história, exatamente. Mas uma experimentação de histórias, com histórias, sons, mente coração e corpo. Com Agni Rita. Livre.

Oficina orgânica de música – MuLtiSamBofônico: das 17h às 18h

Apresentando conceitos de sustentabilidade, os participantes confeccionarão instrumentos musicais, como chocalhos e tambores, utilizando materiais recicláveis. Um jeito divertido e consciente de aprender a cuidar do meio ambiente! Um músico no palco, cercado por instrumentos… Saxofone, flauta, baixo, cavaquinho, percussão, escaleta e gaita ilustram a diversidade, enquanto pedais de efeitos gravam e reproduzem as texturas sonoras criadas em tempo real. Nasce a orquestra de um homem só. A música e o circo dentro do universo plural de Guilherme Folco. Uma performance multi-artística, onde malabarismos com até cinco objetos e improvisos no Sax em um monociclo se fundem em um só ritmo: MuLtiSamBofônico. Livre.

Exibição de Curtas – das 18h às 20h

São curta-metragens participantes do projeto Circuito Tela Verde, selecionados pelo Ministério do Meio Ambiente, com temáticas de sustentabilidade. São eles: Desabrigados – 1’26; Os Sustentáveis – 1’09; Polar – 1’00; Bio Consume – 1’21; O Rei Gastão – 1’17; Bafo Quente – 1’00; Bilhões de Árvores – 1’00; Planeta na Caixa- 1’10; O Diário da Terra – 1’00; Desmatamento – 1’00; Bom Tempo – 1’00; Urso Despolar – 1’00; A terra a gastar – 1’00; Repente do Consumo Sustentável – 2’00; Antes que Seja Tarde – 1’45; Abaité – 1’52; 100% Natural – 1’05; O menino Terra – 6’54. Livre.

Serviço:

Virada Sustentável

Local: MuBE

Data: 30 de agosto

Horário: das 10h às 20h

Endereço: Rua Alemanha, 221, Jd. Europa

Fone: (11) 2594-2601