Unidades prisionais de Franco da Rocha registram recorde de apreensões

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre apreensões realizadas no último final de semana (dia 4 e 5) nas unidades prisionais de Franco da Rocha.

Na Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque”, de Franco da Rocha, no dia 5, uma visitante que estava suspensa tentou entrar na unidade usando documento falso. O caso foi logo descoberto pelos agentes de plantão e registrado como falsidade ideológica no Distrito Policial da cidade.
Ainda no domingo, dia 5, os agentes da Penitenciária II “Nilton Silva”, de Franco da Rocha, impediram a entrada de ilícito que estavam embutidos nos cigarros que o avô de 75 anos levava para o neto. Por meio de revista manual, foram encontradas substâncias brancas nos cigarros que o visitante levava.

A equipe da Penitenciária III “José Aparecido Ribeiro”, também de Franco da Rocha,  efetuou duas apreensões por meio do uso do escâner corporal. No total foram localizadas seis envelopes da droga sintética K4, cerca de 151 gramas de substância verde, semelhante à maconha, além de 83 gramas de pó branco igual cocaína.

Em um dos casos, a companheira de preso, após ser submetida a revista por intermédio do escâner corporal, foi presa em flagrante delito ao tentar ingressar  portando aproximadamente 105 gramas de maconha, que estavam escondidos em sua panturrilha.

Na segunda visitante, após ser submetida a revista por intermédio do escâner corporal, a companheira de preso foi presa em flagrante delito ao tentar ingressar na unidade prisional portando aproximadamente 51 gramas de maconha, seis papéis apresentando ser k4 e aproximadamente 83 gramas de suposta cocaína, que estavam escondidos no órgão genital da mulher.

Também em Franco da Rocha, mas desta vez no Centro de Progressão Penitenciária (CPP), duas visitantes foram impedidas de entrar porque foram surpreendidas no último 5, domingo, com invólucros contendo substância esverdeada que estava afixadas às pernas das mulheres com plástico filme.

Todos os casos foram registrados na Delegacia de Franco da Rocha.

Siga-nos também no youtube

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário